Uncategorized

Ouvido inflamado: o que fazer enquanto a consulta não chega

Inflamações no ouvido, também conhecidas como otites, acontecem pelo alojamento agentes infecciosos no ouvido, e podem ser internas ou externas.

Você provavelmente já teve ou já esteve com alguém com o ouvido inflamado, sendo uma inflamação bastante comum para as pessoas. Existem diversas causas para a condição, mas os sintomas, geralmente, são bem comuns e característicos.

Como identificar um ouvido inflamado?

Alguns sintomas das inflamações no ouvido podem ser muito comuns, mas, com o passar do tempo, com o aparecimento de mais sinais, fica bem evidente do que se trata. Confira os sintomas:

  1. Dores locais: o ouvido pode ter uma dor característica, seja pulsando ou latejando, seja durante um movimento ou durante o sono
  2. Febre: febres são sinais que há algo de errado com nosso organismo. São um dos principais sintomas de qualquer infecção
  3. Mal-estar: calafrios, suores, tontura, dores musculares e fadiga
  4. Tímpano avermelhado: esse sintoma é mais visível para os médicos, que percebem que o tímpano fica vermelho, inchado e com fluidos
  5. Coceira: a região fica com muita coceira
  6. Fluido: em estágios mais avançados, a inflamação faz com que ocorra a secreção de um fluido espesso e pegajoso, que pode estar claro ou misturado com pus e sangue.

Outros fatores também podem ser percebidos:

  • Diminuição da audição
  • Agitação;
  • Perda de equilíbrio
  • Em crianças, pode causar irritabilidade, choro fácil e perda de apetite.

Diagnóstico

Dessa forma, quando os sintomas persistirem por mais de um dia, a dor for intensa e quando houver vazamento, pus ou sangramento, é preciso ir atrás de ajuda médica.

Ademais, em crianças, após uma gripe, quando ficar muito irritável ou com problemas para dormir, é necessário procurar um médico.

O diagnóstico, por sua vez, é feito com exames clínicos pelo otorrinolaringologista. Na consulta, em si, o médico vai passar o melhor tratamento para o caso, que pode ser feito por antibióticos, analgésicos ou antiinflamatórios, via oral, dependendo do agente causador da otite. Para aliviar a dor, pode ser usadas bolsas de água quente no local.

Como prevenir?

E como dizem as boas línguas: é melhor prevenir do que remediar, o melhor tratamento para otites é a prevenção, tanto em adultos, como em crianças. E, para isso, é importante:

  • Cuidar com a umidade e não deixar entrar água no ouvido
  • Evitar o uso excessivo de cotonetes
  • Não introduzir objetos no ouvido
  • Alimentação saudável e balanceada
  • É importante amamentar bem os bebês
  • Tratar gripes e resfriados até sararem por completo

Um aviso de extrema importância: nunca se automedique, nem use dicas alternativas para tratar a inflamação por conta própria. Sempre procure um médico especialista e de confiança para lidar com inflamações e dores no ouvido.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter, e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como otorrinolaringologista em Governador Valadares.

28 thoughts on “Ouvido inflamado: o que fazer enquanto a consulta não chega

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Abrir Chat
Envie mensagem direto no Whatsapp