Uncategorized

10 dicas para cuidar da voz

O senso comum tende a nos levar a concluir que cuidar da voz é uma necessidade que compromete apenas as pessoas que trabalham com ela, como cantores, radialistas, locutores e operadores de call center.

Esse é um grande equívoco, por uma razão muito simples. Todos nós precisamos da voz para nos comunicar no dia a dia. Além disso, conviver com rouquidão, irritação na garganta e mesmo a dor ao falar são problemas totalmente desnecessários, que podem ser evitados com alguns cuidados.

10 cuidados com as cordas vocais

As cordas vocais, devemos lembrar, são estruturas feitas de tecido muscular recoberto por uma mucosa especial, localizadas na laringe. A ação do ar expulso as faz vibrar, produzindo o som, que é moldado nas estruturas superiores. A seguir, confira alguns cuidados com as cordas vocais.

1 – Beber muita água

A água é benéfica para o organismo de um modo geral, mas as cordas vocais, particularmente, precisam de hidratação.

2 – Evite o ar-condicionado em excesso

Essa é uma tarefa complicada para quem vive em climas quentes, mas, na medida do possível, afaste-se do ar-condicionado. O ar frio resseca a laringe e o aparelho fonador, o que faz com que as cordas vocais necessitem de um esforço maior para emitir o som. 

3 – Evite o cigarro

A nicotina, associada à fumaça, tem a propriedade de ressecar as cordas vocais, comprometendo a voz, fazendo com que você seja obrigado a fazer mais esforço para falar, forçando a estrutura muscular.

4 – Não abuse do café

Principalmente se for café quente. A temperatura alta, associada à cafeína, desidrata as cordas vocais. Além disso, esse processo pode produzir refluxo, que gera incômodo na hora de falar.

5 – Modere no álcool

O álcool irrita as vias respiratórias, além de levar à desidratação das pregas vocais. Esses efeitos, em conjunto, levam a uma piora da qualidade vocal.

6 – Evite pigarrear

O pigarro é uma tentativa de limpeza da laringe. Essa sensação de algo agarrado ou de secreção é comum em alguns tipos de doenças da região. No entanto, o ato de pigarrear piora a irritação local e, muitas vezes, piora o problema. Experimente beber água e não pigarrear, para evitar piora do sintoma.

7 – Não grite

O hábito de gritar para se fazer ouvir faz com que as cordas vocais sejam prejudicadas, podendo provocar nódulos ou outros tipos de lesão, devido ao esforço desnecessário.

8 – Não respire pela boca

Respirar pela boca é outro problema, pois resseca a garganta e aumenta o esforço vocal.

9 – Devagar com os condimentos

Excesso de tempero, principalmente pimenta, irrita as cordas vocais.

10 – Procure um otorrinolaringologista

O médico responsável por cuidar da voz é o otorrinolaringologista. Procure um se você apresentar sintomas recorrentes, como rouquidão, dor, dificuldade de falar ou engolir e irritação, que podem ser sinais de outras patologias mais graves.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder os seus comentários sobre esse assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como otorrinolaringologista em Governador Valadares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Abrir Chat
Envie mensagem direto no Whatsapp