Uncategorized

Como limpar corretamente o ouvido

O corpo humano é cheio de surpresas. Trata-se de uma máquina completa, pronta a atender todas as nossas necessidades, sejam de ação sejam de sobrevivência. Uma dessas necessidades, por exemplo, cuida de proteger o nosso organismo contra diversas ações de bactérias, vírus e outros micro-organismos invasores que tentarem se alojar em nosso corpo. Não tem uma parte que fique sem a proteção do próprio organismo, inclusive o ouvido. Quantas vezes você não terminou de tomar banho e, pacientemente, com o cotonete à mão, ficou lá retirando a cera?

No entanto, essa cera nada mais é que a proteção para não deixar que esses micro-organismos se alojem no ouvido. Ela, portanto, não é a sujeira, mas a proteção natural que impede que qualquer anormalidade se instale onde não deve.

E como devemos proceder com a limpeza dos nossos ouvidos?

De preferência, sem nada pontiagudo que fique cutucando o interior de nossas orelhas. Os cotonetes devem ser utilizados apenas para limpar a parte externa, ou seja, a orelha e os contornos dela. O ouvido por si já faz a própria limpeza no interior empurrando a cera para fora.

Riscos que a limpeza malfeita pode trazer

Imagine que, no momento em que estiver passando o cotonete no ouvido, sem que perceba, você o empurre um pouco mais para dentro? Aquela sujeira toda, aqueles micro-organismos que tentaram entrar no órgão e foram bloqueados, automaticamente, seriam empurrados novamente para dentro, com cera e tudo.

Esse ato que parece inofensivo em curto prazo pode ser o responsável por infecções e inflamações, além de formar as rolhas de cera, obstruindo a audição.

A surdez também pode ser provocada só pelo ato de cutucar o interior desse órgão com um cotonete ou qualquer suporte mais pontudo. Caso seja lesionado o tímpano, as chances de perder parcialmente a audição são bem altas.

E como deve ser feita a limpeza de ouvido?

Como já foi explicado, ele por si só já cuida da própria higiene. É natural do nosso corpo. O que se deve fazer é, sempre durante o banho, com água morna, limpar os contornos externos do aparelho auditivo, bem como a orelha e uma parte até 0,5 centímetro para dentro desta, de forma a retirar a sujeira deixada pela poluição e por outros micro-organismos.

É justamente nesse local que é depositada a sujeira removida pelo corpo, junto à cera que deve ser retirada. Cuidado ao fazer a limpeza! Utilize sempre o menor dedo de sua mão, o dedo mínimo, para fazer a remoção dessa cera. 

Tomando essas precauções, a higiene do ouvido não será um problema, e você nem precisará perder tanto tempo logo após o banho.

Quer saber mais?Estou à disposição para solucionar dúvidas, e ficarei muito feliz em responder os seus comentários sobre esse assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como otorrinolaringologista em Governador Valadares.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Abrir Chat
Envie mensagem direto no Whatsapp