Uncategorized

Câncer de orofaringe ― Sintomas, causas e tratamentos

O câncer de orofaringe, apesar de comumente associado ao hábito de fumar, não deve ser relacionada apenas a esse fator de risco. A doença, na boca, na faringe e no palato, também tem relação direta com a infecção pelo vírus do papiloma humano (VPH).

A seguir, conheça mais sobre as causas, sintomas e tratamentos dessa doença.

Em quem é mais comum?

Esse tipo de câncer é mais comum em indivíduos do sexo masculino de meia idade, apesar de acometer, potencialmente, outras faixas etárias.

E os fatores de risco? Quais são?

O principal fator de risco, sem dúvida alguma, é a exposição crônica e intensa ao cigarro. Esse fator é responsável por cerca de 90% dos casos de câncer de orofaringe. Quando associado ao etilismo, as chances aumentam sensivelmente de desenvolver a doença.

Além disso, a infecção pelo papilomavirus humano é um outro fator importante na sua gênese.

Sintomas mais característicos do câncer de orofaringe

Esse câncer se manifesta inicialmente por meio de feridas na região bucal que podem ser confundidas com aftas, herpes, infecções ou outras lesões rotineiras.

Outros sintomas que também podem ser associados ao câncer de orofaringe, principalmente ao longo do progresso da doença, são:

  • mudanças na estrutura da boca, com a presença de feridas e machucados que nunca se curam;
  • dor para engolir ou mastigar;
  • sensação de que há sempre um nódulo na garganta;
  • perda de peso sem outras causas aparentes.

Tratamento para o câncer de orofaringe

O tratamento para esse câncer, assim como para os demais tipos de cânceres, depende inicialmente do tipo da doença, do estágio da enfermidade e do quadro clínico geral do paciente.

Geralmente, a quimioterapia e a radioterapia são métodos utilizados (em associação ou não) para o alívio dos sintomas, enquanto o procedimento cirúrgico também é recomendado em quase todos os estágios da doença.

A cirurgia é feita para remover as lesões em pacientes de estágios mais leves, e para a remoção dos gânglios linfáticos localizados no pescoço, para os casos mais sérios.

Agora você já sabe mais sobre o câncer de orofaringe, assim como com relação às causas, sintomas e tratamentos dele.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder os seus comentários sobre esse assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como otorrinolaringologista em Governador Valadares.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Abrir Chat
Envie mensagem direto no Whatsapp