Uncategorized

O que é Reabilitação Vestibular e qual sua relação com as alterações do equilíbrio

Em algum momento da vida, você já deve ter sentido tontura, vertigem, perda de equilíbrio. Pode acontecer ao se levantar com rapidez, estar em um lugar alto, beber além da conta, sofrer uma queda de pressão ou passar muito tempo sem alimentar-se. Porém, se esses sintomas são frequentes, sem motivo aparente, é importante consultar o médico para saber se há algum problema mais sério afetando o labirinto, estrutura da orelha interna, que se divide em labirinto ósseo e labirinto membranáceo.

O labirinto ósseo é constituído pelos canais semicirculares e vestíbulo. O labirinto membranáceo é uma estrutura de tecidos e ductos que se encaixam no labirinto ósseo. As alterações do labirinto podem ser causadas por infecções virais ou bacterianas, hipertensão, diabetes, reumatismo, excesso de antibióticos e anti-inflamatórios, traumas, aterosclerose, alterações de hormônios e do sistema vascular, entre outros fatores.

Sistema vestibular: noção de espaço e equilíbrio

Existe uma estrutura no aparelho auditivo chamada sistema vestibular, constituída por órgãos do ouvido interno, responsável pela percepção espacial e equilíbrio.  O sistema vestibular possui estruturas sensoriais que mantêm o equilíbrio do corpo, estático ou dinâmico.

É ele que possibilita a orientação espacial dos movimentos verticais e horizontais. O labirinto também proporciona estabilidade de imagens na retina. A perda das funções motora e sensorial do sistema vestibular e alterações da cóclea, podem causar desequilíbrio.

Os sinais mais evidentes são a tontura, rotatória ou não, dificuldade para caminhar ou manter-se parado devido à instabilidade. Podem surgir outros sintomas, associados à perda de equilíbrio, como náusea, vômito, dor de cabeça, visão escurecida, zumbido, perda de audição.

Distúrbios do equilíbrio são tratados com medicação, associada a outras terapias, como é o caso da reabilitação vestibular (RV). A reabilitação vestibular é um dos métodos mais eficientes para tratar pacientes com distúrbios do equilíbrio como labirintopatias e cinetose (enjoos de movimento).

Reabilitação vestibular: trata distúrbios do equilíbrio

A reabilitação vestibular é um tratamento indicado para pacientes que apresentem distúrbios que afetam o equilíbrio. Abrange uma série de exercícios  destinados a estimular a plasticidade do sistema nervoso central. A condução desse processo pode ser feita por médicos otorrinolaringologistas, fonoaudiólogos  ou fisioterapeutas.

A reabilitação vestibular objetiva o reequilíbrio através de estímulos e aceleração de mecanismos de compensação para que o paciente consiga realizar os movimentos da maneira mais natural possível. A série de exercícios é definida conforme o quadro clínico com a finalidade de estimular as estruturas que controlam o equilíbrio e a noção espacial.

O treinamento estimula o labirinto, a visão e o pescoço, reduzindo sintomas como tontura e vertigens. São exercícios ou movimentos repetidos várias vezes, sendo que a cada série são introduzidas algumas dificuldades para que o paciente consiga progredir.

A reabilitação vestibular não é o procedimento indicado para tratar o zumbido dos ouvidos, pois há outros métodos mais eficazes, porém, alguns pacientes relatam melhora desse sintoma, após algumas sessões de RV.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais sobre o meu trabalho como otorrinolaringologista em Governador Valadares.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Abrir Chat
Envie mensagem direto no Whatsapp